Cidade Universitária: história destruída



O bairro da Cidade Universitária veio do agregamento das áreas que comporiam o entorno dos prédios do campus da Universidade do Recife (Posteriormente UFPE). A Universidade foi instituída em 1946, em 1948 começa a construção tendo os primeiros prédio e as primeiras aglutinações de moradores começado em 1958.


A ideia da localização da cidade universitária passou por vários bairros, entre os finalistas sugeridos e estudados ficaram os de Santo Amaro, Ibura, Joana Bezerra, Várzea e Engenho do Meio, sendo este último o escolhido.




O Engenho do Meio, realmente um engenho, era gigantesco e alcançava até o limite de Jaboatão. Pertenceu a Álvaro Velho Barreto por volta de 1580, que deixou pra sua viúva e filhos, que vendeu para Carlos Drago, que deixou para a viúva e que foi confiscado pelos holandeses em 1637 que demoliu a 1ª casa grande. Foi então vendido ao holandês Jacob Stachouwer, que tendo que deixar o Brasil na restauração, deixou tudo nas mãos de João Fernandes Vieira (um dos heróis da guerra contra os holandeses), seu braço direito e administrador procurador. Alguns acham que o rico Fernandes Vieira tomou de mão o engenho e se apossou dele.


João Fernandes reconstruiu a Casa Grande por volta de 1640 e esta existiu até 1950, aproximadamente, quando foi demolida para a construção da UFPE. Nota: o local em si não tem nenhum prédio, mostrando que não se fazia necessária a demolição. Em seu lugar está um, esquecido e abandonado a esmo, monumento a João Fernandes Vieira. Dupla falta dos recifenses com a sua história, como sempre!

Já o arruado que rodeava a casa grande existe até hoje.



Há pistas que Fernandes Vieira tenha feito, ali, algumas reuniões estratégicas de retomada de Pernambuco. Ele faleceu em Olinda, em 1681 deixando as terras para quem, sabe dizer? Sim! Sua viúva Maria César. A boca miúda corre que na construção de um dos prédios, foram achados esqueletos, que para não atrasar a obra foram relevados. Provavelmente do antigo cemitério dos escravos do engenho. Teria sido entre o CAC e o CFCH. Você apostaria em qual?






17 visualizações

PARA MAIS
 
INFORMAÇÕES

E-mail: recifemalassombrado@gmail.com

(81)99214.3159 Somente mensagem whatsapp

SIGA-NOS!